Bem-Vindo a Escolha Certa Cuidadores
Rua Catiguá, 159 - Tatuapé,

São Paulo - SP, 03065-030

(11) 2227-2205

secretaria@escolhacertacuidadores
.com.br

Horário de Funcionamento

Seg-Sex 9:00-18:00

5 DICAS PARA MELHORAR A COMUNICAÇÃO COM PACIENTES COM DEMÊNCIA
5 DICAS PARA MELHORAR A COMUNICAÇÃO COM PACIENTES COM DEMÊNCIA

Como podemos nos comunicar de maneira eficaz e amorosa com aqueles queamamos que estão lutando contra o Alzheimer?

Preparei 5 dicas práticas para você seguir e criar conversas mais produtivas emenos estressantes

1. Tenha paciência.

Ter compaixão e paciência é fundamental para ter uma boa comunicação, não apenas na vida em geral, mas principalmente com demência, Alzheimer ou pacientes com comprometimento cognitivo. Permitir calmamente que alguém dedique um tempo para falar ou responder pode fazer toda a diferença. Se você estiver conversando com um paciente com dificuldades de linguagem, palavras e conceitos, não interrompa ou tente terminar as frases. É humilhante e pode até ser mais confuso. Dê a eles a chance de resolver isso. Observe qualquer linguagem corporal ou dicas não verbais que possam estar usando para descrever o que estão tentando dizer. Acima de tudo, realmente ouça pacientemente.

2. Use frases curtas e faça perguntas simples e específicas.

Use frases curtas e simples e faça uma pergunta específica de cada vez. Ajude-os a descrever o que podem estar pedindo ou falando, em vez de exigir uma resposta imediata. É como fazer um quebra-cabeça ou resolver um mistério. Pergunte a eles de que cor é, onde pode estar ou como é. Usando frases simples ou calmamente fazendo uma pergunta específica de cada vez, eles podem entender melhor o que estamos dizendo ou perguntando. Lembre-se de que fazer muitas perguntas ao mesmo tempo ou usar frases longas e complicadas pode ser esmagador.

3. Assista seu tom e atitude.

Seja muito, muito atento ao seu tom de voz. As palavras que você está usando podem estar dizendo uma coisa, mas seu tom de voz está dizendo outra coisa. O tom que você usa indica se você está ansioso, irritado ou com raiva. Os pacientes estão cientes de muitos níveis diferentes, mesmo que não pareçam entender.Certifique-se de usar tons calmos, gentis e atenciosos quando estiver falando. A linguagem corporal também pode ser intimidadora; portanto, seja suave e relaxado. Obviamente, você deve deixar qualquer energia ruim ou ansiosa à porta.Certifique-se de estar ciente de como você soa e como está quando diz algo. Talvez se você se lembrar de que toda conversa que você está tendo é preciosa e nunca mais acontecerá novamente, você poderá desacelerar e estar mais presente e centralizada.

4. Tente não levar nada para o lado pessoal.

Tente não levar nada que seu amado diga ou faça pessoalmente. A luta pela qual estão passando tentando se comunicar deve ser devastadora. A frustração, raiva e confusão que eles sentem ou expressam não têm absolutamente nada a ver com você. Eles podem até acusar você ou alguém digno de roubo, porque honestamente não conseguem se lembrar de como colocaram algo em lugar errado. Eles estão fazendo o melhor que podem, enquanto estão assustados e alarmados.

5​. ​Não assuma.

Não assuma nada sobre seu ente querido ou sua doença. Certamente não os anule. Dê a eles o benefício da dúvida e ofereça apoio, permitindo que eles tentem expressar seus pensamentos e preocupações. Nunca os corrija. Se nossos entes queridos estão agitados, obviamente algo os deixa assustados ou chateados.Quando reconhecemos isso, validando a preocupação deles e tentando envolvê-los em uma conversa, as chances de consolá-las são maiores. Espelhe seus pensamentos de volta para eles em uma pergunta. Eles se sentirão ouvidos e poderão aumentar o assunto ou a preocupação que estão tentando discutir.Você realmente pode alcançar os pacientes frequentemente sendo paciente, calmo e presente. Deixe de lado quaisquer objetivos ou comunicação orientada a resultados. Sair e compartilhar tempo juntos é realmente o resultado mais importante que podemos ter.

Artigos Recentes
Artigos Recentes

Onde Estamos

logo-wide

Possuímos uma equipe altamente qualificada e especializada na assistência do cuidado integral a pessoa.

Profissionais com perfis adequados a cada momento de vida e necessidades do cliente.

Contato
  • Rua Catiguá, 159 - Tatuapé, São Paulo - SP, 03065-030
  • Telefone: (11) 2227-2205
  • secretaria@escolhacertacuidadores .com.br
INSCREVER-SE
Digite seu e-mail e enviaremos as informações e os planos mais recentes.
Copyright © 2020 – Todos os direitos reservados a Escolha Certa Cuidadores
Faça sua Avaliação KATZ.​